Escaladas na Serra - A Aventura dos TAGD

Escaladas na Serra

A Aventura dos TAGD

Fartos já de confinamento, e de quatro paredes, tinha de haver uma saída. Mas acabaram por ser duas. Caramulo e Freita.

Decorridos quatro dias do mês de maio, tivemos a nossa primeira viagem. Caramulo era o destino. Depois de umas semanas com chuva, finalmente o sol primaveril aparecia. Na companhia dos professores Jorge e Vera, entusiasmados, partimos para o ambiente natural, livres.

Pelas curvas e contracurvas subíamos e descíamos em direção ao cume da serra. Chegados ao cimo, abandonámos o autocarro e seguimos um caminho de terra batida até ao início do local da escalada. Natureza, natureza e mais natureza! Só havia natureza. E alergias. Até o motorista veio connosco. Três paredes para subir; três para descer. A maior parte das pessoas comeu o farnel logo à chegada. Depois de um dia inteiro, só faltava subir ao Caramulinho para terminar o dia.

No dia 25, repetimos a aventura. Foi a vez da Serra da Freita. Mas nesse dia estava muito calor. Havia muitas vacas pelo caminho e, “finalmente”, alguém enjoou. De resto, muitas mais pessoas escalaram as paredes da serra e até tivemos direito a banho. Além disso, o Mário Lourenço não ia sair dali vivo... (private joke)

De resto, foi bom sair da escola e aproveitar a natureza das serras da região. Com a companhia dos professores, dos caros colegas e do motorista.

Observação: esta atividade foi organizada para o Módulo 7 - Escalada - da disciplina de PAFD (Práticas de Atividades Físicas e Desportivas).

Afonso Oliveira, 11.º TAGD